Estatísticas sobre economia, demografia, geografia e às vezes alguma coisa mais!

Porque morrem tantos nas rodovias de Fco. Beltrão?


Domingo mais três famílias amanheceram amargurando a dor da perda de familiares de forma trágica. Dois jovens e um senhor de meia idade foram as vítimas da vez. Mas não foram as primeiras e tão pouco serão as últimas do trecho que vai desde Marmeleiro até a Casa de Custódia, lá no topo da bica d’água.

Todos os anos são dezenas de acidentes neste pequeno trecho, de cerca de 15 km. Todos os anos são dezenas de vítimas e muitos mortos. E o incrível é que as condições de pista são razoavelmente boas, com diversas faixas extras, com boa sinalização e com acostamento bom em boa parte do trecho. E ainda por cima existe a Polícia Rodovíaria no local, que em tese deveria evitar, pelo menos boa parte, destes casos absurdos. Mas todos sabemos que pouco faz para isto a Polícia Rodovíaria do Trevo da Água Branca. Poderiam cuidar do trânsito com mais intensidade, tentar pegar os bêbados, os sem-carteira, os com carros em condições ruins e os em alta velocidade. Mas também sabemos que pouco faz o governo acerca do caso, não coloca barreiras laterais, tartarugas, olhos-de-gato, ou arruma o asfalto que é muito liso.

Geralmente sou contrário aos redutores de velocidade. Mas creio que já passou da hora de serem tomadas medidas drásticas neste pequeno trecho que corta nosso município. Cinco minutos a mais de todo mundo com certeza valem muito menos que as vidas das vítimas que a cada ano se somam neste trecho.

O fato é que é preciso fazer algo. Enquanto as autoridades não se mexem, como de costume, recomendo a todos redobrada atenção neste pequeno trecho. Desejo profundamente a todos que não se tornem mais um número nas estatísticas da cidade com o trânsito mais violento do Paraná.

Anúncios

3 Respostas

  1. josé

    va va. pessoas morrem. essa eh a vida.

    janeiro 23, 2008 às 16:36

  2. squibb

    haha, und du wachst dich, du weisst bescheit du fährst sehr schnell

    janeiro 23, 2008 às 20:06

  3. Anderson

    Esse trecho é tenso. Toda vez que passo pela região da Água Branca fico apreensivo e redobro os cuidados.

    janeiro 24, 2008 às 22:16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s