Estatísticas sobre economia, demografia, geografia e às vezes alguma coisa mais!

Por dois reais…


…você já pode estacionar com segurança na parte baixa da Júlio Assis durante a noite. E o dinheiro vai todo para o fundo dos flanelinhas de Francisco Beltrão. Esse é o valor cobrado para se poder ir ao Sobá ou ao Confidência Bar.

No  Paulinho do Cachorro Quente e Superpão os menores que pedem dinheiro são mais maleáveis. Ainda não pegaram bem o espírito da coisa. Já aqueles que a luz do dia cobram pra estacionar na frente do Oba Oba, estes são mais rigorosos. Até ameaçam.

Já nas noites de sábado, o Arrudão também serve de central de arrecadação para os meliantes. Com ameaças e tudo. Sem contar outras boates, como no Allure, por exemplo.

Índios, menores e flanelinhas pedindo esmola. Eis a prova inequívoca de que beltrão está virando uma cidade grande. E sem a costumeira ordem de antigamente.

Enquanto isso Polícia (ambas), Prefeitura, Ministério Público e Conselho Tutelar assistem tudo de braços cruzados, coniventes com o que ocorre.

Anúncios

Uma resposta

  1. rosemery

    adorei as fotos. Nasci em Fco Beltrao e tenho tantas saudades do lugar. Pena que é tão longe, por outro lado é bom, pois pra mim carrega um pouco de sonho.
    Hoje trabalho em Ctba, sou As.Social e funcionária da PMC.
    As vezes tenho vontade de largar tudo aqui e voltar para a minha cidade que é aí, onde passei minha infância, vc acredita que no meu tempo, eu tomava banho no rio marrecas hahhaha, faz tempo né…

    maio 15, 2011 às 18:21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s